sexta-feira, 30 de julho de 2010

Em contraluz

"Se há coisa que eu costumo dizer é aproveitem a vida e ajudem-se uns aos outros. Apreciem cada momento, agradeçam e não deixem nada por dizer, nada por fazer.
Esta é uma das fortes mensagens deste filme"
António Feio, prelúdio ao filme Contraluz
1964-2010.

Era tão perfeito se nada ficasse por fazer mas a vida nem sempre é assim bondosa e depois vemo-nos a braços com sonhos desfeitos e frases nunca ditas. 'Desculpa' apetece-me dizer de vez em quando e 'Volta' quando o desespero e a saudade se tornam insuportáveis.
Aproveitem a vida...

Sem comentários: