segunda-feira, 24 de maio de 2010

Chove...

a potes no dia em que me disseram estar dispensada por não haver dinheiro para me pagar.
Chove e na minha pele a chuva sabe bem.
Chove e o vento sussurra-me ao ouvido 'talvez seja altura de abrires asas e voar'.
Chove e vou fazer de tudo para melhor mudar.


3 comentários:

Nuno disse...

E vais abrir, vais. :) Voar bem alto!

Amiana Li disse...

:) eu espero que sim :)

Amiana Li disse...

e obrigado...