quarta-feira, 28 de abril de 2010

A árvore ao lado da minha casa começa a mostrar ao mundo que a Primavera finalmente chegou.
O tronco seco e rugoso agradável ao toque e as pequenas folhas a despontar nos ramos que recordo nus ainda à dias atrás.
A humana vida imposta é malandra, faz-me quase esquecer o que me rodeia e quase sonambula passar pelo que me envolve.
Eu não fui feita para viver assim...

Sem comentários: