domingo, 5 de julho de 2009

Primeiro Sábado de cada Mês


É tradição fecharem a rua principal e aí montarem o mercado. Dos meus tempos de miúda recordo-me das vozes e dos sons metálicos logo cedinho pela manhã ainda o sol estava a nascer.
Neste sábado saí à rua para feirar (como se diz por aqui) e neste mercado é possível feirar desde roupa interior a tachos, panelas e colheres de pau, passandos pelas ferragens e triplas tomadas!
Uma mini mini mini feira internacional de carcavelos mas com raízes muito alentejanas.


Vista da feira quando se entra na aldeia


Eu também feirei: burronhol, pipocas e uma colher de pau!