quinta-feira, 4 de junho de 2009

O pardal


Anteontem, ainda em Lisboa, fui ao supermercado em busca de víveres de primeira necessidade para trazer comigo para as solerengas terras alentejanas.

Enquanto procurava o café, entrei no corredor das massas e o que vi levou-me a crer que estava a alucinar, um pardal poisado perto do esparguete entretido a picar o chão. Quando me aproximei levantou voo e bateu asas para o corredor seguinte e pouco depois estava de volta bicando o chão perto da massa cotovelinhos.


Quem invadiu o espaço de quem?

Sem comentários: