domingo, 14 de junho de 2009

Matiné

Pedras nos bolsos
Dois alentejanos participam como figurantes num filme brasileiro rodado no Alentejo. O trabalho vem criar reboliço num aldeia sossegada e entusiasmar Zé Pedro e Carlos Costa, que aqui têm a possibilidade de ganhar 30€ por dia, comer três refeições diárias e estar perto da «estrela» brasileira que protagoniza o filme. Após o suícidio de um rapaz da aldeia, o grupo vê-se confrontado entre a superficialidade dos ideais da indústria cinematográfica e a realidade representada por essa tragédia. Uma peça de dois actores para 15 personagens.
"Um figurante a cavar uma retrete no meio dum descampado, mais prestigiante do que isto é impossível!" Zé Pedro
"Assim não, Cláudia, que desalinha os chacras" Ricardo
"Objecto sexual com pronúncia" Carlos Costa

No teatro Malaposta até 14 de Junho

Sem comentários: