quarta-feira, 6 de maio de 2009

O meu primeiro engarrafamento... no Alentejo

Já aqui descrevi as vantagens de conduzir pelas estradas estreitas e sinuosas que ligam Santa Terrinha a Santa Terra num sistema arterial de estradas.
Só nunca me passou pela cabeça atrasar-me um dia por causa dum engarrafamento provocado por...
... um rebanho de ovelhas!
O rebanho, que não era pequeno, trotava cheio de contentamento ocupando a estrada toda, e volta e meia parava para dar umas trincas nas ervas daninhas e nas papoilas que alegremente cresciam na beira da estrada. Os pastores lá tentavam indicar o caminho ao rebanho rebelde (belo título para uma novela Rebanho Rebelde, às tardes numa tv perto de si!), um na estrada e outro dentro duma carrinha de caixa aberta.

Quando parei o carro e resolvi esperar pensei com os meus botões e com os minutos que passavam 'devia ter desconfiado, o rastro de caganitas ao longo da estrada era sinal mais que evidente!'.
Hoje saio de casa a contar que, mais dia menos dia, encontrarei novo rebanho de ovelhas que não tem hora marcada mas sim um apetite voraz...

Sem comentários: