sexta-feira, 17 de abril de 2009

Para onde caminho

Os meus pés, em passos ligeiros, encaminham o meu corpo para esse novo destino.

Deixo o mar e o horizonte e embranho-me por entre árvores e rochedos, mais perto da raia que separa os Ibéricos.

O alto alentejo espera por mim.

Sem comentários: