terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Proibido

“Ficas proibido chorar sem aprender,
Levantares-te um dia sem saber o que fazer,
Teres medo das tuas recordações.
Ficas proibido não sorrir ante os problemas,
Não lutares pelo que queres,
Abandonares tudo por medo,
Não transformares em realidade os teus sonhos
Ficas proibido não demonstrar o teu amor,
Fazeres com que alguém pague pelas tuas dúvidas e pelo teu mau humor
Ficas proibido deixar os teus amigos,
Não tentares compreender aquilo que viveram juntos,
Chamá-los somente quando precisas deles
Ficas proibido não seres tu perante todos,
Fingires para as pessoas que não te importas,
Esqueceres todos os que te querem
Ficas proibido não fazeres as coisas para ti mesmo,
Não fazeres o teu destino,
Teres medo da vida e dos teus compromissos,
Não viveres cada dia como se fosse o último."
Pablo Neruda

Sem comentários: